ÀS QUARTAS-FEIRAS

Teláfrica apresenta filmes africanos

Teláfrica apresenta filmes africanos
DR
Filmes estão a ser exibidos no Cefojor, em Luanda

Teláfrica é uma amostra de filmes de realizadores africanos, uma homenagem do dramaturgo e actor Miguel Hurst, que passa todas as quartas-feiras de Novembro, no Cefojor, em Luanda, com entradas gratuitas.

A ideia surge como homenagem aos realizadores africanos, que não passam pelos Óscares, mas que “têm qualidade” reconhecida mundialmente. De acordo com o mentor do projecto, Miguel Hurst, “não há uma temática” para filmes angolanos, basta que, para tal, reúnam as condições exigidas pela crítica internacional. “Agora, se tivermos filmes angolanos com esses critérios, claro que vão passar, não este ano, mas no próximo”, promete.

Está prevista a exibição, a 14 de Novembro, do filme ‘Dias de Glória’ de (2006), de Rachid Bouchard; a 21 ‘A minha Voz’ de (2002), do guineense Flora Gomes; e culmina, a 28, com o filme ‘Nairobi Half Life’ de (2012), do queniano David Tosh Gitonga, que já foi indicado como ‘melhor realizador’ nos prémios ‘African Movie Academy Award’.

Em Dezembro, Miguel Hurst, em parceria com o projecto Mukange, vai fazer um interregno e volta em Janeiro com novos filmes, sem ainda apontar uma previsão para a exibição de filmes angolanos.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS