Em Malanje

Polícia detém manifestantes em Calandula

Pelo menos, dez jovens estão detidos há três dias por se manifestarem de forma ilegal contra eventual má governação no município de Calandula, em Malanje.

Polícia detém manifestantes em Calandula
D.R

A informação foi avançada nesta segunda-feira, à imprensa, pelo porta-voz do Comando Provincial da Polícia de Malanje, Junqueira António, tendo explicado que a detenção ocorreu pelo facto de os indivíduos realizarem a manifestação num feriado, 17 de Setembro, Dia do Fundador da Nação e do Herói Nacional, violando os pressupostos legais.

Referiu que os infractores incorrem nos crimes de violação da lei e desobediência às autoridades, uma vez que tinham sido orientados pela Polícia Nacional para marcar a manifestação para uma outra data.

Lembrou que a Constituição da República proíbe o exercício do direito à manifestação aos domingos e aos feriados nacionais.

Segundo o porta-voz, os detidos exigiam a destituição do administrador municipal de Calandula, Pedro Dembue, e em sua posse foram aprendidos cartazes com dizeres contra a governação local.

Fez saber que alguns dos implicados neste protesto são reincidentes na prática de convocação e realização de manifestações à margem da lei.

Esclareceu que a Polícia Nacional não se opõe às manifestações, por ser um direito previsto por lei, mas, para tal, deve-se cumprir com os procedimentos exigidos legalmente para serem autorizadas pela Administração Municipal de Calandula a realizar o protesto.

Dos dez detidos, destacam-se oito manifestantes oriundos do município de Malanje, que aguardam pelo julgamento.

POPULARES

ÚLTIMAS