Projecto vai até 2019

PAT vai formar 15 mil professores

PAT vai formar 15 mil professores
DR
1.ª etapa vai formar 133 formadores de professores

O Ministério da Educação (MED), por meio do Projecto Aprendizagem para Todos (PAT), prevê formar, até 2019, como experiência piloto, 15 mil professores do ensino primário, anunciou hoje (22) a gestora do projecto, Irene Cristina Figueiredo.

Na primeira etapa o projecto vai formar 133 formadores de professores dos magistérios, sendo que, na segunda etapa, serão beneficiados 669 formadores recrutados nas Zonas de Influência Pedagógica (ZIP), bem como 73 supervisores.

Como beneficiários finais do projecto terão 500 mil alunos abrangidos nas 842 escolas do ensino primário envolvidas.

Para Irene Cristina Figueiredo, aumentar a qualidade de ensino nas escolas públicas “exige estratégias já conhecidas, apesar de não estarem ainda amplamente aplicadas”.

De acordo com a gestora, por um lado, deverá ser entendida por todos como  uma oportunidade de valorização individual na ascensão pessoal e social e, por outro, como uma força inquestionável de valorização e transformação da nação.

“Ser formador é possuir competências a nível humano, técnico-profissional e pedagógico e ao formador cabe responsabilidade directa de proporcionar aquisição de conhecimentos, habilidades e atitudes correspondentes ao eficaz desempenho de uma profissão, mantendo-se em alerta e interessado de forma a permanecer actualizado, nunca dando por concluído ser processo formativo”, reforçou.

O PAT é um projecto do Ministério da Educação, desenvolvido em parcerias com o Banco Mundial (BM), que visa melhorar os conhecimentos e as competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema mais eficiente de avaliação dos alunos.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS