Medida prevê ocupar os tempos livres da juventude

Ministra quer promoção do teatro nas escolas

A presidente da Comissão Nacional de Angola para a Unesco e Ministra da Educação, Luísa Grilo, garantiu estarem a ser criadas condições para que o teatro seja levado às escolas do ensino geral no país, como forma de ocupação dos tempos livres da juventude.

Ministra quer promoção do teatro nas escolas
D.R

Em declarações à imprensa, por ocasião, na abertura da 5.ª edição do Circuito Internacional de Teatro (CIT), Luísa Grilo recordou existir uma orientação do Presidente da República para o enquadramento das artes cénicas nas escolas e ter um melhor aproveitamento das novas infra-estruturas que estão a ser construídas no país.

De acordo com a ministra,   um dos grandes exemplos tem sido demonstrado pela escola Njinga Mbande e o grupo homónimo, que têm sabido explorar o aproveitamento do anfiteatro para a exibição de peças de teatro. "A criação de mais espaços vai permitir que os jovens possam ter a oportunidade de fazer teatro por ser uma expressão artística importante que contribui para o processo da comunicação oral, leitura, que inserem-se os géneros textuais como o dramático e poesia”.

Além de envolver essas manifestações artísticas, Luísa Grilo enfatizou o facto de o teatro explorar a capacidade criativa da juventude, nos domínios da canto e dança. “O teatro é uma expressão artística muito completa que promove a inclusão e oportunidade de interacção entre os diferentes grupos sociais e etários.”

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS