Em Benguela, por diversas infracções

Mais de 50 efectivos da polícia sancionados

Pelo menos, 53 efectivos da Polícia Nacional destacados em Benguela foram sancionados, de Janeiro a Setembro do corrente ano, por prestarem serviço em estado de embriaguez, abuso de autoridade e outras infracções, informou hoje, terça-feira, o porta-voz do Comando Provincial da corporação.

Mais de 50 efectivos da polícia sancionados
D.R

De acordo com o inspector-chefe Ernesto Chiwale, que falava à Angop (sem adiantar dados comparativos), alguns efectivos responderam a processos crimes e chegaram às barras dos tribunais, enquanto outros foram alvos de processos disciplinares.

Explicou que, a nível da Polícia Nacional, as sanções vão desde repreensão simples, repreensão registada, serviço de guarda, detenção, multas, despromoção e demissão.

O oficial da corporação disse que se impõem esses procedimentos para transmitir à população que a polícia não compactua com actos indecorosos.

“Somos humanos e estamos sujeitos a falhas, mas a Polícia Nacional tem órgãos e mecanismos para corrigir esses actos, assim como está sujeita ao cumprimento da lei”.

Um dos grandes objectivos da Polícia Nacional, nessa acção de fiscalização interna, é a de eliminar as más condutas no seio do seu efectivo, no sentido de servir cada vez melhor o cidadão, respeitando os seus direitos e garantindo a sua dignidade, frisou Ernesto Chiwale.

Neste mês Outubro, outros três agentes da corporação foram também condenados pelo tribunal militar a penas de prisão efectiva, que variaram de 36 a 45 dias de prisão efectiva, dos quais dois por trabalharem em estado de embriaguez e outro por corrupção passiva.