Em Benguela

Campanha ‘Nascer Livre para brilhar’ beneficia 39 crianças

A campanha nacional ‘Nascer livre para brilhar’ beneficiou 39 crianças, no primeiro semestre deste ano, na cidade do Lobito, em Benguela, mais uma comparativamente a igual período de 2019, soube hoje, quinta-feira, a Angop.

Campanha ‘Nascer Livre para brilhar’ beneficia 39 crianças
D.R
Ana Dias Lourenço, primeira-dama é a mentora do projecto.

Segundo o chefe de secção municipal da Saúde Pública, Simão Tchissococua,  deste  número,  apenas  uma criança acusou positivo no teste de HIV/SIDA.

Sem avançar o género da criança, apontou  como uma  das presumíveis causas da testagem positiva, o facto de  a  sua progenitora  interromper as consultas regulares no pré-natal.

Simão Tchissococua fez saber  ainda que 41 crianças esperam a confirmação de outro teste de  HIV/SIDA que só é feito depois de 18 meses, devido aos anti-corpos dos recém-nascidos que vão adaptar-se ao meio ambiente.

O técnico informou, por outro lado, sobre o registo de 82 crianças que nasceram de mães seropositivas.

A campanha ‘Nascer Livre para Brilhar’ visa eliminar a transmissão do HIV/SIDA de mães para filhos e foi lançada no ano passado, pela primeira-dama da República, Ana  Dias Lourenço.

 

POPULARES

ÚLTIMAS