Na Assembleia do Comité Paraolímpico Internacional

Angola quer futebol com muletas na competição paraolímpica

Angola vai tentar convencer os delegados na Assembleia-geral do Comité Paraolímpico Internacional, marcada para Bona, Alemanha, a introdução do futebol com muletas.

Angola quer futebol com muletas na competição paraolímpica
D.R

O secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA) e a adjunta, António da Luz e Telma Silva, participam em Bona, na Alemanha, de 24 a 27 deste mês na Assembleia-geral do Comité Paralímpico Internacional (IPC – sigla em inglês).

A delegação pretende convencer os delegados a introduzir o futebol com muleta no programa dos Jogos Paraolímpicos. Esta reclamação surge também na sequência das conquistas de Angola como campeã mundial (México`2018), vice-campeã mundial (México`2014) e recentemente a conquista em Benguela do título de campeão africano.

O IPC entende que o futebol com muletas não consta das modalidades elegíveis para os Jogos Paraolímpicos por ser um perigo à integridade física dos jogadores, por causa do uso de canadianas (muletas).

Isso mesmo foi, em 2018, reiterado na reunião dos executivos do IPC, realizada em Londres (Inglaterra). Angola participa nos Jogos Paraolímpicos desde 1996, edição decorrida nos EUA, e conta com seis presenças consecutivas com medalhas e recordes mundiais em atletismo.

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS