Por unanimidade

Angolana eleita vice-presidente da WAFF

A vogal de direcção do Conselho Jurisdicional do Comité Paralímpico Angolano (CPA), Celeste Maria Tchiama, foi eleita primeira vice-presidente da Federação Internacional de Futebol para Amputados (WAFF - sigla em inglês).

Angolana eleita vice-presidente da WAFF

A angolana foi eleita por unanimidade num universo de 31 votos, dos quais de Angola, Camarões e Uganda, durante o Congresso da WAFF, nos EUA, através da plataforma Zoom.

A organização é agora liderada por Arif Umit, da Turquia, em substituição do norte-americano Richard Hossmen, que esteve no cargo desde 2012.

Membro do CPA desde 2006, Celeste Tchiama ocupou-se, na última década, da área que responde pelo futebol, num período em que Angola se sagrou vice-campeã e campeã do mundo, em 2014 e 2018, respectivamente, no México.

A dirigente esteve igualmente envolvida na conquista do Campeonato Africano, disputado em 2019, em Benguela, além fazer parte da Comissão Instaladora para a revitalização da Confederação Africana.

Para a nova primeira vice-presidente da WAFF, os desafios que se impõem são enormes, destacando-se a necessidade da filiação no Comité Paralímpico Internacional.

Explicou que, actualmente, a modalidade é apadrinhada pela União Europeia de Futebol, não participando, por isso, nos Jogos Paralímpicos.

Recorde-se que o presidente do CPA, Leonel da Rocha Pinto, lidera igualmente o Comité Paralímpico Africano e é membro da Comissão Executiva do Comité Paralímpico Internacional.

Por seu lado, o secretário-geral do CPA, António da Luz, é o tesoureiro do Comité Paralímpico Africano e presidente da Federação Internacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas - África, para a região sul.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS