Na Lunda-Norte

SIC detém falsificadores de documentos

Cinco cidadãos, sendo um angolano e quatro vietnamitas, que se dedicavam ao crime de falsificação de documentos foram detidos hoje, terça-feira, no Dundo, Lunda-Norte, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

SIC detém falsificadores de documentos
D.R
falsificadores cobravam entre 15 a 20 mil kwanzas.

Os cidadãos falsificavam certificados de habilitações literárias, bilhetes de identidades e passes para uso de funcionários públicos, cobrando entre 15 a 20 mil kwanzas.

Para tal, os cidadãos vietnamitas falsificaram um passe do comparsa angolano, como funcionário do Ministério da Justiça, que por sua vez, realizava a pesquisa de cidadãos estrangeiros, com incidência para os da República Democrática do Congo (RDC), no sentido de terem acesso ao Bilhete de Identidade de forma ilegal.

O responsável do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC na Lunda Norte, Veríssimo Pandamari, disse que a detenção dos cinco cidadãos é fruto de uma investigações, tendo culminado com o desmantelamento do grupo que actuava na periferia do distrito urbano do Dundo.

Na ocasião, foi igualmente apresentado um cidadão de 37 anos, que supostamente terá violado sexualmente uma menor de 12 anos, no bairro Kamaquenzo, vulgo aeroporto.

De Janeiro a presente data foram registados pelo SIC, 37 casos de violações de menores, contra 51 do igual período de 2018.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS