Em mais de 541 mil casos

Número de mortes em África sobe para mais de 12 mil

O número de mortes em África devido à covid-19 subiu hoje para 12.443, mais 237 nas últimas 24 horas, em cerca de 541 mil casos, segundo os dados mais recentes sobre a pandemia no continente.

Número de mortes em África sobe para mais de 12 mil
D.R
Angola anunciou na quinta-feira mais 62 casos.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de infectados subiu para 541.381, mais 19.277 nas últimas 24 horas, um dos valores mais elevados desde o início da pandemia, enquanto o número de recuperados é hoje de 264.721, mais 10.360.

A África Austral regista o maior número de casos (246.881) e contabiliza 3.724 mortos, a grande maioria concentrada na África do Sul, o país com mais mortos e mais infetados em todo o continente, com 238.339 casos, mais 13.674, representando 70 por cento das novas infecções em 24 horas em África, e 3.720 vítimas mortais.

O Norte de África lidera no número de mortes e passou hoje as cinco mil (5.062), tendo 119.267 infecções.

Entre os países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infecções e mortes, com 1.790 casos e 25 vítimas mortais.

Cabo Verde tem 1.553 infecções e 19 mortes, enquanto Moçambique conta 1.092 infectados e nove mortes.

São Tomé e Príncipe contabiliza 726 casos e 14 mortes e Angola tem 458 casos confirmados da covid-19 e 23 mortes.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), mantém há vários dias 3.071 casos e 51 mortos, segundo o África CDC.