Devido a pandemia da covid-19

Meio milhar de mortes em África

África registou 509 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando agora 1.429.360 infectados, mais 8.731, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

Meio milhar de mortes em África
D.R

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas o número de mortes nos 55 Estados-membros da organização subiu para 34.836 e os recuperados para 1.175.353 (mais 6.909).

A África Austral continua a registar o maior número de casos de infecção e de mortes, com 17.425 vítimas mortais num universo de 724.807 infectados.

Só na África do Sul, o país mais afectado do continente, estão registados 665.188 casos e 16.206 mortos.

O Norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem 310.550 pessoas infectadas e 10.548 mortos e na África Ocidental o número de infecções é de 173.464, com 2.582 vítimas mortais.

A região da África Oriental contabiliza agora 163.223 casos e regista 3.209 vítimas mortais e na África Central estão registados 57.316 casos e 1.072 óbitos.

 

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

Angola regista 159 mortes e 4.363 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 vítimas mortais e 5.018 infetados), Cabo Verde (54 mortos e 5.412 casos) e Moçambique (49 óbitos e 7.262 infetados).

A Guiné-Bissau mantém os 39 mortos e o número de infetados (2.324), tal como São Tomé e Príncipe: 15 mortes entre os 908 casos.

A pandemia da covid-19 já provocou pelo menos 971.677 mortos e mais de 31,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo.

POPULARES

ÚLTIMAS