DEVIDO A FORTES CHUVAS

Mais de 150 pessoas ficam sem abrigo

Pelo menos, 150 pessoas, num total de 21 famílias, ficaram desabrigadas na tarde de quinta-feira, no município do Cuimba, no Zaire, em consequência da chuva.

Mais de 150 pessoas ficam sem abrigo
D.R

Simão Kuanzambi apela às pessoas de boa-fé para se juntarem aos esforços da administração municipal e acudir as famílias afectadas

 

O administrador municipal, Simão Kuanzambi, que avançou a informação esta sexta-feira, à imprensa, disse que a enxurrada acompanhada de ventos arrasou também o tecto da administração comunal do Buela.

Informou que mais de duas dezenas de casas foram destruídas pela intempérie, estando os sinistrados acolhidos em residências de parentes, vizinhos e instituições públicas, enquanto decorrem os trabalhos de levantamento para avaliar os prejuízos.

Simão Kuanzambi apela às pessoas de boa-fé para se juntarem aos esforços da administração municipal e acudir as famílias afectadas.

O porta-voz do comando do Zaire de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), António Wankusa, assegurou que uma equipa técnica da comissão provincial de protecção civil deslocou-se esta manhã à sede comunal do Buela para avaliar os danos causados pela chuva e, posteriormente, prestar a assistência necessária aos sinistrados.