Venezuela

Maduro renova mandato sem reconhecimento do Parlamento

Maduro renova mandato sem reconhecimento do Parlamento
DR
Nicolas Maduro, presidente da Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, toma posse na quinta-feira, 10, para um novo mandato de seis anos, mas sem o reconhecimento do Parlamento e contra a vontade de grande parte da comunidade internacional.

O Parlamento venezuelano, controlado pela oposição, considerou ilegítimo o novo mandato do presidente da Venezuela, obrigando Maduro a fazer a cerimónia de tomada de posse perante o Supremo Tribunal de Justiça.

O Grupo de Lima, composto por 14 países das Américas, também já enviou uma mensagem de não reconhecimento da legitimidade do regime venezuelano, juntando as suas críticas à União Europeia (UE) e aos EUA.

Nicolas Maduro respondeu à declaração do Grupo de Lima, rejeitando todas as críticas de falta de legitimidade, e acusando o Parlamento da Venezuela de falta de patriotismo, dizendo que os críticos do seu governo incorrem no “crime de traição à pátria”.

Nicolas Maduro foi reeleito para um novo mandato presidencial nas eleições de 20 de Maio, com 67% dos votos, mas no dia seguinte a oposição questionou os resultados e apresentou provas de irregularidades no acto eleitoral.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS