Huambo

Edifício da escola 11 de Novembro em risco de desabar

O edifício da escola do 1.º ciclo do ensino secundário ‘11 de Novembro’, na cidade da Caála, no Huambo, corre o risco de desabar a qualquer momento, depois de ter estremecido na manhã desta quarta-feira, o que forçou a retirada imediata dos alunos, dois dos quais com ferimentos ligeiros.

Edifício da escola 11 de Novembro em risco de desabar
DR

A infra-estrutura escolar de dois pisos, construída durante a época colonial, na rua Fundadores da Caála, interior da urbe com o mesmo nome, possui dez salas de aula, e alberga perto de cinco mil alunos no período regular e pós-laboral.

Na sequência da vibração do edifício, que causou ferimentos ligeiros a dois alunos, em tratamento médico no hospital municipal local, a direcção da escola suspendeu as aulas, para dar lugar um processo de investigação, por parte dos técnicos para avaliar.

Ao confirmar o facto à Angop, a directora da instituição, Emi Cipriano, informou que, apesar de o edifício não apresentar fissuras em nenhuma parte, constitui perigo para a comunidade estudantil (alunos e professores), por ser uma situação recorrente, sendo a de hoje a mais preocupante.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS