No Huambo

Mãe mata recém-nascida por enforcamento

Uma recém-nascida, com dois meses de vida, morreu enforcada, neste domingo, no interior de uma residência da aldeia de Capalacata, município do Chinjenje, no Huambo, pela própria mãe, de 20 anos, noticiou hoje a Angop.

Mãe mata recém-nascida por enforcamento
D.R.
Inspector-chefe Paulo Chindele Cassinda

Inspector-chefe Paulo Chindele Cassinda Porta-voz da PN no Huambo

Segundo a PN, até ao momento, são desconhecidas as razões do homicídio por parte da progenitora.

A autora do crime, segundo o porta-voz da Polícia Nacional, inspector-chefe Paulo Chindele Cassinda, encontra-se já detida, devendo ser presente ao Ministério Público, nos próximos dias.

Disse que, até ao momento, são desconhecidas as razões do homicídio voluntário, por parte da própria progenitora.

Ainda no domingo, referiu, três indivíduos, entre 28 e 31 anos, foram detidos pela Polícia Nacional, em coordenação com o Serviço de Investigação Criminal, por terem supostamente assassinado o cidadão Kambiete Soma, de 55 anos, na aldeia de Luhamue, comuna de Cacoma, município do Ucuma.

O crime de homicídio voluntário por agressão física deu-se por volta das 7:37 minutos, quando os três elementos desferiram vários golpes ao malogrado, a quem acusavam da prática de feitiçaria.

O inspector-chefe Paulo Chindele Cassinda informou ainda a detenção, na passada sexta-feira, de um funcionário do posto de Identificação Civil e Criminal, da cidade do Huambo, acusado de falsificar um acento de nascimento.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS