Com a entrada em vigor do IVA

Unitel mantém valor facial da recarga

Os cartões de recarga (saldos) da Unitel, assim como os carregamentos electrónicos, incluindo em ATM (multicaixa), vão continuar a ser vendidos pelo mesmo valor facial, anunciou hoje, segunda-feira, a operadora de telefonia móvel Unitel.

Unitel mantém valor facial da recarga
D.R
Operadora reforça que os preços não poderão ser alterados

Num comunicado, a propósito do Imposto de Valor Acrescentado (IVA), que entra em vigor a partir de amanhã, 1 de Outubro, a operadora reforça que os preços das recargas “não poderão ser alterados” por nenhum interveniente da cadeia de distribuição e venda.

Por outro lado, a operadora esclarece que a incidência do IVA será sobre as tarifas e serviços que o consumidor vier a subscrever com aqueles cartões de saldos.

“O IVA será aplicado no momento em que o consumidor fizer uma chamada, enviar uma SMS ou na subscrição de algum serviço. O imposto não incidirá sobre o valor de aquisição dos cartões de recarga (saldo).

Em relação à subscrição de planos de Internet, e como forma de apoiar a promoção da inclusão e da transformação digital em Angola, a Unitel garante que vai assumir a diferença entre o Imposto de Consumo (hoje em vigor) e o IVA. Assim, será feita uma redução dos preços actuais por Mega ‘Byte’ (MB), com “o objectivo de, aquando da aplicação do IVA, manter os mesmos MB nos planos de Internet existentes.

Das duas empresas de telefonia móvel a operar em Angola, a Unitel é a que tem maior número de clientes. Angola tem actualmente 13 milhões de utilizadores de telemóvel, dos quais seis milhões usam a internet.

 

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS