A partir de Abril

TAAG retoma voos para Cabo Verde

TAAG retoma voos para Cabo Verde
DR
Rui Carreira

Rui Carreirapresidente da comissão executiva da Taag

Nesse ano de 2019, não vamos abrir nenhuma rota de longo curso. A Taag vai voltar, sim, a voar para a Ilha do Sal, tentando fazer a ponte Sal/Havana, com dois voos semanais, a partir de Abril.

A Taag vai voltar a operar, a partir de Abril, a rota Luanda Ilha do Sal (Cabo Verde), depois de quase quatro anos de interregno (desde 2016), com vista a racionalização de gastos.

O facto foi revelado pelo presidente da comissão executiva da companhia, Rui Carreira, salientando que este destino africano servirá de ponte para a cidade de Havana, capital de Cuba.

"Nesse ano de 2019, não vamos abrir nenhuma rota de longo curso. A Taag vai voltar, sim, a voar para a Ilha do Sal, tentando fazer a ponte Sal/Havana, com dois voos semanais, a partir de Abril", precisou.

Na mesma senda, informou o responsável, a companhia nacional de bandeira, prevê abrir, em Junho, a rota para Lagos (Nigéria), por ser um mercado promissor, e posteriormente talvez para Accra (Ghana).

"Há outros mercados potenciais no continente africano, pois vamos voltar a pesquisar aqui na África Central os voos que fazíamos anteriormente, como Bangui (República Centro Africana) e Douala (Camarões)", anunciou.

Explicou que a actual limitação está no número reduzido de aeronaves, daí que, quando chegarem os aviões da Bombardier (a partir deste ano), a Taag passará a ter uma frota mais folgada, aliada a novas tripulações.

Em relação às novas rotas internacionais, Rui carreira adiantou que Londres (Inglaterra) é um dos mercados que se apresenta como grande promessa para o futuro e que consta das prioridades dessa transportadora angolana.

 "Logo que reforçarmos a frota, vamos, entre as rotas da Europa, priorizar Londres, e depois Paris. Os EUA também estão nas nossas intenções, com a modernização da frota", concluiu.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS