Na abertura da 1.ª edição do torneio de xadrez ‘Jovem Mulher’

JMPLA destaca inserção social das mulheres

O Secretariado Nacional da JMPLA realizou, no fim-de-semana, a 1.ª edição do Torneio feminino de Xadrez denominado ‘Torneio de Xadrez Jovem Mulher’, no Dream Space, em Luanda.

JMPLA destaca inserção social das mulheres
D.R
Participam do torneio 70 jogadoras.

A competição enquadra-se nas jornadas do ‘Março Mulher’ bem como nas políticas de incentivo da juventude à prática desportiva.

Na ocasião, o primeiro secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, destacou os objectivos que motivaram a organização partidária a realizar o certame destacando assim a inserção das mulheres na prática desportiva.

"O torneio persegue vários objectivos, entre os quais, incentivar a inserção social das mulheres na prática desportiva, reafirmar o apoio às iniciativas de grupos de jovens ligados ao desporto, elevar a consciência cívica e patriótica da juventude desportista, intensificar a aproximação e o diálogo com os organismos desportivos", justifica.

A competição conta com 70 jogadores, exclusivamente mulheres, entre os 8 e os 70 anos, será um campeonato anual a ter início em Luanda e futuramente estender-se-á para outras províncias.

Prevenção contra o Covid 19

O Primeiro Secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, apela à juventude a adoptar todas as medidas de prevenção e cuidados contra o coronavírus, para se evitar a doença em Angola.

Crispiniano dos Santos apela à calma e exorta todos os jovens, independentemente da filiação partidária, a seguirem as orientações dos órgãos do Ministério da Saúde e a se posicionarem como verdadeiros agentes de Saúde Pública. 

O líder partidário alerta ainda para a gravidade do Covid-19 e lembra que a pandemia é uma ameaça mundial contra a vida e o futuro dos jovens, crianças e idosos e está a afectar significativamente a economia dos países afectados e não só, trazendo em particular efeitos negativos na sustentabilidade económica e social dos Estados africanos, lê-se.

Eventos de massa adiados

Como medida de prevenção, a organização juvenil do MPLA adiou todos os eventos de massa em Angola e no estrangeiro, até que se verifique um melhoramento considerável na situação, permitindo o restabelecimento da segurança no sector da saúde.

No entanto, garante que vai manter as vias de comunicação abertas para o desempenho normal das suas funções, bem como continuará a acompanhar de forma atenta a problemática do coronavírus no mundo e a trabalhar com a juventude angolana na divulgação responsável, correcta, positiva e multidisciplinar da informação sobre o Covid-19.

Angola não registou qualquer caso positivo do vírus, mas tem reforçado as medidas de segurança nos aeroportos e nas fronteiras.