Interrompido há cerca de cinco anos

Requalificação do aeroporto de Mbanza Kongo inicia este mês

O actual aeroporto de Mbanza Kongo, no Zaire, deverá beneficiar, a partir deste mês, de obras de adequação das infra-estruturas degradadas para garantir o normal funcionamento.

Requalificação do aeroporto de Mbanza Kongo inicia este mês
D.R

A garantia é do secretário de Estado para o sector da Aviação, Marítimo e Portuário, Carlos Borge, em declarações à imprensa, esta terça-feira, na cidade do Soyo.

Sem entrar em mais detalhes, o responsável, explicou que estas acções passam pela preparação da pista, no sentido de se criar as condições mínimas para o reinício do tráfego aéreo de forma regular, interrompido há cerca de cinco anos.

Importa referir que, a pista do aeroporto de Mbanza Kongo isola a zona urbana da suburbana desta cidade histórica, criando dificuldades na travessia de pessoas de um lado para outro.

De 2007 a 2010, esta infra-estrutura beneficiou de obras de reabilitação e ampliação, que permitiram a extensão da pista 1.800 metros para 2.730 metros de comprimento, ao passo que a largura passou de 30 para 45 metros.

Aquando da  inscrição do centro histórico da cidade de Mbanza Kongo na lista do Património Cultural da Humanidade, a 8 de Julho de 2017, a UNESCO recomendou a construção de um novo aeroporto distante do centro urbano.

Neste âmbito, o Ministério dos Transportes lançou o concurso público limitado por prévia qualificação para o financiamento, concepção, construção, fornecimento, instalação de equipamentos e apetrechamento do Novo Aeroporto para esta cidade, em Agosto de 2019.

O concurso, aberto à participação de entidades estrangeiras, está sob a alçada da  Sociedade Gestora de Aeroportos SA, cujo prazo de execução do contrato é de dois anos e seis meses.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS