Covid-19

Quase 54 mil mortos em todo o mundo

A pandemia de covid-19 matou quase 54 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em Dezembro na China, segundo um balanço da AFP, a partir de dados oficiais.

Quase 54 mil mortos em todo o mundo
D.R

De acordo com a agência de notícias francesa, morreram 53.693 pessoas, foram diagnosticados mais de 1.035.380 casos de infecção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19.

Foram consideradas curadas pelo menos 201.500 pessoas.

Itália, que registou a primeira morte ligada ao coronavírus no final de Fevereiro, é o país mais afectado em número de mortes, com 13.915 mortes em 115.242 casos. 18.278 pessoas foram consideradas curadas pelas autoridades italianas.

Depois de Itália, os países mais afectados são Espanha, com 10.935 mortes, em 117.710 casos, os Estados Unidos com 6.058 mortes (245.573 casos), França com 5.387 mortes (73.743 casos) e a China continental com 3.322 mortes (81.620 casos).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de Dezembro, contabilizou 81.620 casos (31 novos entre quinta e hoje), incluindo 3.322 mortes (quatro novas) e 76.571 curados.

Também os Estados Unidos estão a ser bastante afectados pela pandemia tendo sido registadas oficialmente 245.573 infecções, incluindo 6.058 mortes e 9.228 curados

A Europa totalizou até na manhã de hoje 38.974 mortes para 559.459 casos, os Estados Unidos e o Canadá 6.192 mortes (256.641 casos), Ásia 4.071 mortes (114.053 casos), Médio Oriente 3.446 mortes (67.045 casos), América Latina e Caraíbas 691 mortes (24.959 casos), África 287 mortes (7.002 casos) e Oceânia 32 mortes (6.227 casos).

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infecções, já que um grande número de países está agora a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS