Premiações

‘Parasita’ faz história ao levar Oscar 2020

O Oscar surpreendeu ao entregar o principal prémio, de melhor filme, para o sul-coreano ‘Parasita’ uma comédia-thriller-negra, sobre a desigualdade entre ricos e pobres, tornou-se o primeiro filme numa língua que não o inglês a ganhar o Óscar de Melhor Filme.

‘Parasita’ faz história ao levar Oscar 2020
D.R

A produção levou quatro estatuas “Vou beber muito essa noite”, brincou o director Bong Joon-Ho em uma das muitas vezes que subiu ao palco. Já outro favorito, o ‘1917’, fechou a noite com três prémios em categorias técnicas.

 ‘Joker’ era o filme com o maior número de nomeações, mas venceu em apenas duas categorias: o Óscar de Melhor Actor, para Joaquin Phoenix, e Melhor Banda Sonora, de Hildur Guðnadóttir.

Conheça os vencedores da noite dos Óscares:

Melhor filme:

‘Parasitas’- Kwak Sin Ae e Bong Joon Ho

Melhor realização:

‘Parasitas’ - Bong Joon Ho


Melhor actor:

Joaquin Phoenix – ‘Joker’


Melhor actor secundário:

Brad Pitt – ‘Era Uma Vez em... Hollywood’


Melhor actriz:

Renée Zellweger – ‘Judy’


Melhor actriz secundária:

Laura Dern – ‘Marriage Story’


Melhor fotografia:

‘1917’ - Roger Deakins


Melhor argumento adaptado:

‘Jojo Rabbit’ - Taika Waititi


Melhor argumento original:

‘Parasitas’ - Bong Joon Ho & Han Jin Won


Melhor filme internacional:

‘Parasitas’ - Bong Joon Ho (Coreia do Sul)


Melhor filme de animação:

‘Toy Story 4’ - Josh Cooley, Mark Nielsen e Jonas Rivera


Melhor curta-metragem de animação:

‘Hair Love’ - Matthew A. Cherry e Karen Rupert Toliver


Melhor documentário:

‘American Factory’ - Steven Bognar, Julia Reichert e Jeff Reichert


Melhor documentário em curta-metragem:

‘Learning to Skateboard in a Warzone (If You're a Girl)’ - Carol Dysinger e Elena Andreicheva


Melhor curta-metragem:

‘The Neighbors' Window’ - Marshall Curry


Melhor cenografia:

‘Era Uma Vez... Em Hollywood’ - Barbara Ling e Nancy Haigh


Melhor montagem:

‘Le Mans '66: O Duelo’ - Michael McCusker e Andrew Buckland


Melhor caracterização:

‘Bombshell - O Escândalo’ - Kazu Hiro, Anne Morgan e Vivian Baker


Melhor guarda-roupa:

‘Mulherzinhas’ - Jacqueline Durran

Melhor banda sonora original:

‘Joker’ - Hildur Guðnadóttir


Melhor canção:

‘(I'm Gonna) Love Me Again’, de ‘Rocketman’, Elton John e Bernie Taupin

Melhor montagem de som:

‘Le Mans '66: O Duelo’ - Donald Sylvester


Melhor mistura de som:

‘1917’ - Mark Taylor e Stuart Wilson


Melhores efeitos visuais:

‘1917’ - Guillaume Rocheron, Greg Butler e Dominic Tuohy

 

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS