Aos 91 anos

Morreu compositor Ennio Morricone

O compositor italiano foi autor das bandas sonoras de filmes como ‘O Bom, o Mau e o Vilão’, ‘Por um Punhado de Dólares’, ‘Era uma Vez na América’, ‘Era uma Vez no Oeste’ e ‘Cinema Paraíso’.

Morreu compositor Ennio Morricone
D.R
Ennio Morricone, compositor italiano.

Em 2007, Morricone recebeu um Óscar Honorário da Academia de Hollywood “pelos seus contributos magníficos e multifacetados para a arte da música no cinema”, tendo sido posteriormente nomeado para mais seis Óscares.

O compositor e maestro italiano Ennio Morricone, de 91 anos, morreu nesta segunda-feira, 6, na sequência de uma queda numa clínica de Roma, onde se encontrava hospitalizado após uma fratura de fémur. O músico, autor das bandas sonoras de filmes como ‘O Bom, o Mau e o Vilão’, ‘Por um Punhado de Dólares’, ‘Era uma Vez na América’, ‘Era uma Vez no Oeste’ e ‘Cinema Paraíso’.

Segundo a imprensa italiana que cita a família através do amigo e advogado Giorgio Assuma, o funeral do compositor será realizado de forma privada “em respeito ao sentimento de humildade que sempre inspirou a sua existência”. De acordo com uma nota divulgada, Morricone morreu “ao amanhecer de 6 de Julho em Roma, com o conforto da fé”. O compositor “manteve até ao último momento a lucidez e uma grande dignidade”, acrescenta o comunicado.

Em 2007, Morricone recebeu um Óscar Honorário da Academia de Hollywood “pelos seus contributos magníficos e multifacetados para a arte da música no cinema”, tendo sido posteriormente nomeado para mais seis Óscares.

Em 2016, recebeu a escultura dourada pela banda sonora de ‘Os Oito Odiados’ de Quentin Tarantino, tendo-se tornado na altura a pessoa mais velha a vencer um Óscar competitivo.

Do seu currículo fazem parte mais de 450 bandas sonoras para cinema e televisão, além de mais de uma centena de composições clássicas.

           

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS