Evento já vai na 6.ª edição

Mediateca de Luanda acolhe festival de Poesia e Letras

O Movimento Literário Lev’ Arte realiza, de 18 a 20, a 6.ª edição do Festival de Poesia e Letras, na Mediateca de Luanda.  Este ano, o evento presta homenagem a duas ‘lendas incontornáveis’ no desenvolvimento da cultura angolana: Ruy Mingas e Manuel Rui Monteiro.

Mediateca de Luanda acolhe festival de Poesia e Letras
D.R.
António Sabino

António SabinoCoordenador de marketing do Movimento Lev’ Arte

O Fespol tem como objectivo despertar o interesse e a aproximação com a linguagem poética, ajudar a desenvolver a arte da declamação; incentivar o gosto pela leitura e criatividade artística; formar e inspirar novos escritores; dar a conhecer novos talentos literários, bem como criar oportunidades de intercâmbio cultural.

A Mediateca de Luanda vai acolher, de 18 a 20 deste mês, a 6.ª edição do Festival de Poesia e Letras (Fespol), um evento que visa projectar a poesia e prevê prestar homenagem ao ‘grande’ músico Ruy Mingas e ao conceituado escritor Manuel Rui Monteiro.

O acto de abertura está marcado para as 18 horas, sendo que, durante os outros dois dias de evento (19 e 20), as portas estarão abertas a partir das 10 horas, com entradas gratuitas.

Para este ano, o Movimento Literário Lev’ Arte, raiz do festival, escolheu o tema ‘Arte é Vida’ e augura reunir no palco poetas de duas gerações.

De acordo com António Sabino, coordenador de marketing do Movimento Lev’ Arte, “tudo está a ser feito para que o evento corra da melhor maneira possível” e que tudo está a ser feito para que o festival aconteça exactamente conforme planeado e “sem quaisquer constrangimentos”.

O responsável garante que estão confirmados as participações de alguns artistas como Amélia da Lomba, John Bella, Lueji Dharma, António Gonçalves, entre outros.

Diferente das anteriores edições, o Fespol deste ano traz um calendário preenchido com vários atractivos para a comunidade literária e artística e para o público, com destaque para os recitais de poesia, palestras, debates, ‘show’ de humor, desfile de moda, ‘workshops’, exposição de artes plásticas, concertos, projecção de documentários biográficos de escritores e feira do livro e ainda a celebração dos 13 anos do Movimento Lev´Arte.

Os documentários vão destacar escritores como Agostinho Neto, Alda Lara, Luís de Camões, entre outros, e serão exibidos na sala de conferências da Mediateca de Luanda.

O Fespol tem como objectivo despertar o interesse e a aproximação com a linguagem poética, ajudar a desenvolver a arte da declamação; incentivar o gosto pela leitura e criatividade artística; formar e inspirar novos escritores; dar a conhecer novos talentos literários, bem como criar oportunidades de intercâmbio cultural.

O Festival de Poesia e Letras, cuja primeira edição decorreu em 2014, é uma iniciativa do Movimento Lev´Arte e conta com o apoio da Rede de Mediatecas, dos movimentos e associações literárias de Angola, Alliance Française de Luanda, Centro Cultural Português, Brigada Jovens de Artistas Plásticos, Casa de Cultura Brasil – Angola, Centro de Imprensa ‘Aníbal de Melo’, Memorial Dr. António Agostinho Neto, União dos Escritores Angolanos, INICC, Ejolimas, Edad Angola e da Refriango.

Além de Luanda, o evento decorre também na Huíla, Cabinda, Bengo, Benguela, Lunda-Sul, Lunda-Norte, Kuando-Kubango, Namibe, Uíge e ainda na Namíbia e no Brasil.

PROMOVENDO A ARTE

O Lev’Arte é um movimento cultural de âmbito nacional e sem fins lucrativos. Foi fundado a 20 de Julho de 2006 pelos jovens Kardo Bestilo, Dilson de Sousa, Manuela Alfredo, Synia Jordão e Ângelo Reis. Tem como objectivo levar a arte a todos os cantos do mundo, incentivar a leitura e a criatividade artística nas diversas disciplinas, por intermédio de eventos como ‘Poesia à volta da fogueira’, realizada na União dos Escritores Angolanos, a partir das 19 horas, aos segundos sábados de cada mês, e o ‘Poesia eu vivo’, todas as terças-feiras, às 19 horas, no King Clubs, na Vila Alice, em Luanda.

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS