Em causa falta de sistema de alarme e segurança

Mais de 200 livros foram roubados na Biblioteca de Malanje

Mais de 200 livros foram roubados na Biblioteca de Malanje
DR

Mais de duzentos livros diversos, foram roubados na Biblioteca Provincial de Malanje durante o período de 2017 aos últimos dias de 2018, por utentes, devido a falta de sistema de alarme e outros mecanismos de segurança.

A informação foi prestada pela directora da instituição, Ema Massunga, por ocasião duma visita do governador provincial, Norberto dos Santos, que visou constatar o grau de funcionamento da instituição.

De acordo com a responsável, a par disso, a biblioteca depara-se com a falta de um ‘software’ documental para o registo de entrada, cadastro, saída e outros movimentos relacionados com os livros, o que tem também condicionado o controlo eficaz das obras literárias e científicas.

Ema Massunga explicou que foram já adquiridos o sistema de alarme e o ‘software’ documental, aguardando-se apenas pela chegada ainda este mês de técnicos para a instalação dos mesmos e consequentemente melhorar a segurança das obras literárias.

Denominada Njinga Mbande, a Biblioteca Provincial de Malanje foi inaugurada em 2015, e conta com uma sala de leitura, uma de áudio e outra infantil, equipadas com um acervo bibliográfico de várias linhas, incluindo obras científicas.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS