Por suposta falta de pagamento de impostos

Justiça brasileira bloqueia 36 imóveis de Neymar

Neymar tem 36 imóveis bloqueados pela justiça brasileira, no âmbito do processo em que é acusado de falta de pagamento de impostos, divulga o jornal Folha de São Paulo. A dívida fiscal de Neymar ronda o equivalente a cerca de 15 milhões de euros.

Justiça brasileira bloqueia 36 imóveis de Neymar
D.R.

O brasileiro está a contas com o fisco depois de uma alegada evasão fiscal em 2013, quando se mudou do Santos para o Barcelona.

Os 36 imóveis aos quais o jogador do Paris Saint-Germain não pode aceder estão em nome do atleta e das suas empresas, bem como da sua família. O bloqueio impede o negócio dos imóveis, mas não que os mesmos sejam utilizados, de forma a garantir o pagamento à receita federal no fim do processo.

Os municípios de Santos, São Paulo, Guarujá, Praia Grande e São Vicente são alguns dos locais onde se podem encontrar os imóveis do jogador arrestados pela justiça.

Em Guarujá, duas mansões compradas em 2011 por cerca de 1,6 milhões de euros, com um total de 3.000 m2 de área, estão restringidas.

Na lista constam ainda um apartamento no bairro da Vila Mariana, no Parque Ibirapuera, com um valor de 3,4 milhões de euros, bem como três outros apartamentos no litoral de Santa Catarina, avaliados num total de cerca de 1,4 milhões de euros.

O brasileiro está a contas com o fisco depois de uma alegada evasão fiscal em 2013, quando se mudou do Santos para o Barcelona. O clube catalão terá pago cerca de 40 milhões de euros a uma empresa do pai de Neymar, mas as autoridades afirmam que esse valor teria como destino o jogador – o que levaria a um pagamento de 27,5 por cento de impostos, ao contrário dos 17 por cento pagos na época, na condição de pessoa jurídica.

 

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS