Eleições devem terminar a 19 de Maio

Indianos começam a votar hoje

Indianos começam a votar hoje
DR
Em disputa estarão 543 assentos da Assembleia do Povo

Cerca de 900 milhões de eleitores indianos vão às urnas a partir desta quinta-feira, 11, e até e 19 de Maio, num gigantesco processo para eleições gerais que exigem a sua divisão em sete fases.

Em disputa estarão 543 assentos da Assembleia do Povo (Lok Sabha), dos 545 assentos possíveis (dois são indicados pelo presidente), para um mandato de cinco anos.

Simultaneamente, os eleitores irão às urnas para eleger os governos regionais dos Estados de Andhra Pradesh (sul), Arunachal Pradesh (nordeste), Odisha (leste) e Sikkim (nordeste), deixando de fora Jammu e Caxemira (norte), por requerer um amplo deslocamento das forças de segurança.

Com cerca de 1,3 mil milhões de habitantes, 29 Estados e sete territórios, a maior democracia do mundo vai enfrentar este mês e no próximo um processo complicado para o qual serão activadas um milhão de assembleias eleitorais, 100.000 a mais do que nas eleições de 2014.

O número de eleitores também tem crescido ao longo dos últimos cinco anos, passado de 814 milhões para 900 milhões, o que representa a inclusão de 86 milhões de jovens que vão votar pela primeira vez, de acordo com Comissão Eleitoral da Índia (ECI, na sigla em inglês).

Devido à magnitude dos números, as eleições ocorrerão em sete fases — em 2014 foram nove etapas — a serem realizadas a 11, 18, 23 e 29 de Abril, 6, 12 e 19 de Maio. A publicação dos resultados será divulgada a 23 de Maio, segundo a ECI.

Um dos maiores desafios de um processo de tais dimensões é o transporte de urnas electrónicas para as partes mais remotas do país, utilizando-se todos os tipos de transporte, incluindo os lombos de alguns animais.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS