Vencedor da 1.ª edição vai ser conhecido em Setembro

Imprensa Nacional cria prémio literário de ‘Conto e Poesia’

A Imprensa Nacional pretende estimular todos os anos a criação literária em Angola com a criação de um prémio de conto e poesia. O vencedor da 1.ª edição vai ser conhecido a 13 de Setembro, nas comemorações dos 174 anos da instituição.

Imprensa Nacional cria prémio literário de ‘Conto e Poesia’
DR
Candidaturas terminam a 9 de Agosto

O suporte físico é entregue em duas cópias na sede da Imprensa Nacional, na Cidade Alta, em Luanda. O digital num disco amovível (pen drive ou CD) ou por via de correio electrónico.

O ‘Prémio Imprensa Nacional de Literatura’ surge com o objectivo de estimular a escrita, a criação literária e os hábitos de leitura. Em entrevista ao Jornal de Angola, o assessor de comunicação, imagem e captação de negócios institucionais da Imprensa Nacional, Valdir da Silva de Sousa, afirmou que a intenção é descobrir novos autores. Por isso, podem candidatar-se pessoas de qualquer idade. “Queremos contribuir para que apareçam futuros Pepetela, Manuel Rui e Ondjaki que não tenham a possibilidade de editar a sua criação”, explica.

De acordo com o regulamento, as candidaturas tiveram início a 15 Julho e terminam a 9 de Agosto.

Os candidatos, nacionais e estrangeiros que residam no país há mais de três anos, devem apresentar propostas de livros inéditos, em dois formatos; físico e digital.

O suporte físico é entregue em duas cópias na sede da Imprensa Nacional, na Cidade Alta, em Luanda. O digital num disco amovível (pen drive ou CD) ou por via do correio electrónico. (premio.literario@imprensanacional.gov.ao). Estas servem essencialmente para facilitar candidatos que residam distantes de Luanda.

As propostas, submetidas ao prémio, são apresentadas publicamente a 13 de Agosto, numa conferência de imprensa, para posterior apreciação interna do júri por um período que deve durar um mês.

O júri é composto por membros na União dos Escritores Angolanos (UEA), professores universitários e editores, sendo que estes têm o direito de não escolher nenhuma das propostas apresentadas e sem recurso.

Os trabalhos vão ser avaliados de acordo com a originalidade, contributo para a cultura nacional e respeito pelas características canónicas do género literário para as quais concorrem.

O vencedor

O autor da proposta vencedora ao ‘Prémio Imprensa Nacional de Literatura’ recebe um milhão de kwanzas e a edição e publicação do respectivo trabalho premiado, depois de divulgada a decisão do júri prevista para 13 de Setembro, nos órgãos de comunicação social.

Além da edição, cuja primeira fase terá uma tiragem de mil exemplares, a Imprensa Nacional comercializa o livro em todo o mundo, bem como a revisão literária, para a qual devem ser eliminados todos os erros ortográficos ou gramaticais e resolvidas as inconsistências com as normas de estilo adoptadas para a publicação do concurso.

Estão previstas também atribuições de menções honrosas, que devem igualmente dar origem à publicação dos livros.

A organização aconselhou os candidatos a manterem contacto com o regulamento do prémio disponível no site da Imprensa Nacional para evitar possíveis incompreensões.

O ‘Prémio Imprensa Nacional de Literatura’ visa igualmente valorizar o talento nacional e promover a divulgação de obras de autores desconhecidos no mercado literário angolano.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS