Para o próximo ano académico

Governo reajusta calendário no ensino superior

O Governo reajustou o calendário do ano académico no ensino superior, que teve o reinício nesta segunda-feira, 5, com o fim previsto para Julho de 2021.

Governo reajusta calendário no ensino superior
D.R

De acordo com o calendário, o primeiro semestre vai até 27 de Fevereiro de 2021, com a publicação dos resultados finais, enquanto o segundo começa a 16 de Março e termina a 10 de Julho.

O novo calendário 2020 permite, com a extensão do ano académico, completar 39 semanas, das quais 31 lectivas.

Conforme o Governo, o retorno da actividade lectiva presencial, no actual contexto, requer as medidas de biossegurança e do distanciamento físico.

Além deste calendário, avança, exige-se esforços acrescidos 5 das aulas teórico-práticas e práticas, a utilização racional das instalações pedagógicas disponíveis (laboratórios, auditórios, salas de informática e salas de aulas) e o recurso, quando possível, das TIC para reforçar ou compensar o ensino presencial.

O país conta com oito universidades públicas, sete institutos superiores públicos e 57 instituições do ensino superior privados, entre universidades e institutos superiores politécnicos, onde estão matriculados cerca de 200 mil estudantes.