Na Rússia

Dois mortos em tiroteio em universidade

Duas pessoas morreram e, pelo menos, três ficaram feridas durante um tiroteio esta quinta-feira numa universidade em Blagoveschensk, na Rússia, junto à fronteira com a China, noticiou o 'Observador'.

Dois mortos em tiroteio em universidade
D.R.

Um estudante de 19 anos entrou numa sala de aula com uma arma de caça, atirou a disparar contra a turma e ter-se-á suicidado a seguir. É ele um dos mortos confirmados pelo Comité de Investigação de Blagoveschensk, a autoridade que está a investigar o caso. A segunda vítima mortal será um colega de turma.

De acordo com o Sputnik News, que cita as declarações do responsável pela pasta da saúde no estado de Amur, o tiroteio pode ter tido origem numa discussão entre dois colegas de turma na Universidade do Estado de Amur.

“O perpetrador cometeu suicídio com a própria arma, que estava registada em nome deste cidadão”, confirmou, acrescentando que os três feridos são “dois adolescentes e um jovem adulto”. Há uma vítima em estado grave entre os feridos, indica o The Moscow Times.

O mesmo jornal conta que  o atirador, cuja identidade não foi revelada, atacou a polícia — que respondeu com tiros — a partir do segundo andar da universidade. O estudante foi isolado numa sala de aula enquanto os agentes evacuavam o edifício. No entanto, ainda antes de ser detido pelas autoridades, o atirador ter-se-á suicidado com a arma que havia usado durante o ataque.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS