Afirma docente universitária

Doenças cardiovasculares causam 27% das mortes no país

As doenças cardiovasculares são responsáveis de 27 por cento de óbitos em Angola, com uma tendência crescente, afirmou hoje (terça-feira), em Luanda, a docente Maria Fernanda Dias.

Doenças cardiovasculares causam 27% das mortes no país
D.R

A profissional falava durante uma mesa redonda sobre ‘O panorama clínico das diabetes, hipertensão e obesidad’, inserida na 5.ª Jornada Científica da Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto.

Esta percentagem representa mais de um quarto dos casos de mortalidade em cidadãos dos 30 aos 69 anos, destacando a prevenção e a mudança de estilo de vida como as ferramentas principais.

Reiterou que o sedentarismo é o principal causador desses casos, justificando que as pessoas consomem alimentos poucos saudáveis, com bastante gordura, e não praticam exercícios físicos.

Com término previsto para quarta-feira, o evento é dirigido especialmente para os estudantes da Faculdade de Medicina para servirem de influenciadores educativos e difundirem o aprendizado aos familiares e a comunidade no que toca a prevenção.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS