Por violação aos estatutos e regulamentos

Direcção da Ordem dos médicos demitida

Direcção da Ordem dos médicos demitida
DR
Pinto de Sousa, antigo bastonário da Ordem dos Médicos

A direcção da Ordem dos Médicos de Angola, liderada por Pinto de Sousa, foi destituída durante a reunião nacional dos médicos realizada, a semana passada, em Luanda, que contou com a participação de mais de 300 membros da organização.

Os participantes também destituíram a comissão eleitoral, liderada por Ana Veríssimo, tendo criado nesta segunda-feira, uma nova comissão composta por cinco pessoas, sendo indicada como porta-voz Isabel Massocolo.

As inscrições para as candidaturas à liderança da Ordem dos Médicos terminam a 7 de Fevereiro e a eleição do bastonário e de outros órgãos está marcada para dia 14, com a tomada de posse a 2 e 9 de Março, respectivamente.

Até agora, estão inscritas três listas, compostas pelos médicos Miguel Bettencourt, Elisa Gaspar e Mário Frestas, que pressionaram a direcção da ordem a convocar as eleições e publicar o calendário, entre muitas polemicas e impasse. O trio dizia ter perdido a confiança na então comissão eleitoral visto que o processo “iniciou-se com vícios e transgressões graves” e atropelo aos estatutos.

O Ministério da Saúde, em comunicado, apelou a que sejam eliminadas as eventuais irregularidades na condução do processo, que podem pôr em causa o normal funcionamento da organização.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS