Instituição garante que informações são “falsas”

CFB desmente suspensão dos comboios para o Luau

O Caminho-de-Ferro de Benguela considera “falsas” as informações segundo as quais estão suspensos os comboios no troço Lobito/Luau e vice-versa, em virtude da vinda do comboio turístico da ‘Rovos Rail’.

CFB desmente suspensão dos comboios para o Luau
D.R.
Comboio do Caminho-de-ferro de Benguela

Segundo o CFB, “tal informação não condiz a verdade, uma vez que, entre 26 de Julho e 2 de Agosto, foram realizadas 33 viagens, 27 das quais de passageiros e seis de mercadorias, no referido percurso.

Segundo uma nota de imprensa citada pela Angop, “tal informação não condiz a verdade, na medida em que, entre 26 de Julho e 2 de Agosto, foram realizadas 33 viagens, 27 das quais de passageiros e seis de mercadorias, no referido percurso.

O CFB informa que foram transportados 15.133 passageiros e 3.900 toneladas de mercadorias diversas, respeitando, deste modo, as obrigações de serviço público.

A nota refere ainda que a vinda do primeiro comboio turístico de que há memória na história dos Caminhos-de-Ferro de Angola, para além de ser um facto marcante, é a prova inequívoca de que o CFB se encontra preparado para atender à procura de tráfego de transporte de passageiros e de carga, dentro e em trânsito de e para Angola, contribuindo para a diversificação da economia e redução das assimetrias regionais e sociais.

“Assim, até à saída do comboio turístico da ‘Rovos Rail’, o CFB, por via de uma nova programação, cujo horários e itinerários se encontram afixados em todas as estações principais, continuará a prover o serviço de transporte de passageiros e de mercadorias de forma regular do Lobito (Benguela) ao Luau (Moxico)”, conclui a nota.

Outros artigos do autor