Por suspeitas de lavagem de dinheiro

Carros de luxo do vice-presidente da Guiné Equatorial vão a leilão

As autoridades suíças vão leiloar, no final deste ano, a colecção de viaturas luxuosas que foi apreendida ao vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, filho do presidente, Teodoro Obiang.

Carros de luxo do vice-presidente da Guiné Equatorial vão a leilão
D.R.
Teodoro Nguema Obiang, vice-presidente da Guiné Equatorial

O leilão vai ser organizado pela Bonhams e vai ter lugar em Genebra, Suíça, no dia 29 de Setembro.

De acordo com a CNN, os 11 veículos de luxo foram apreendidos em 2016 na sequência de uma investigação por suspeitas de lavagem de dinheiro. A colecção de viaturas de Teodoro Nguema Obiang que foi apreendida está avaliada em 13 milhões de dólares e inclui versões limitadas de algumas viaturas.

É o caso do Lamborghini Veneno decorado com as cores da bandeira italiana, e que é apenas uma de nove viaturas produzidas pela fabricante para celebrar o seu 50.º aniversário. Só este “super-carro” tem um custo de 5,1 milhões de dólares.

Mas não faltam viaturas que fariam as delícias dos apreciadores de automóveis de luxo: um Koenigsegg One:1, um McLaren P1, um Aston Martin One-77 ou um Bugatti Veyron, entre outros.

O leilão vai ser organizado pela Bonhams e vai ter lugar em Genebra no dia 29 de Setembro.

Teodoro Nguema Obiang tem sido alvo de processos criminais em vários países. Em 2017, um tribunal francês condenou-o a uma pena suspensa de três anos de prisão por fraude relacionada com a compra de uma mansão em Paris, um jacto privado e uma frota de veículos de luxo, recorrendo a fundos que saqueou do seu país.

As autoridades brasileiras também já lhe apreenderam bens e o vice-presidente da Guiné Equatorial acordou pagar 30 milhões de dólares às autoridades norte-americanas para resolver outro processo em que estava envolvido.

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS