Abandonado há dois anos

Cabinda quer empresários para gerir resort

Cabinda quer empresários para gerir resort
D.R

Quando muito se fala sobre a diversificação da economia e fomento do turismo, o maior centro turístico de Cabinda, localizado na comuna de Miconje, município de Belize, está em estado de abandono há precisamente dois anos. Segundo o administrador comunal de Miconje, Serafim Sema, primeira entidade gestora do empreendimento após a inauguração em 2011, a gestão foi entregue em 2018 ao empresário português Vicente Leitão. Este, por sua vez, abandonou sem prestar qualquer aviso prévio ou esclarecimento à administração de Belize e ao Governo da província.

Com o empreendimento a ser tomado conta pela vegetação e animais selvagens, Serafim Sema apela aos empresários a apresentarem interesse na exploração do resort, visto que se encontra na floresta de Maiombe, principal local de atracção turística da província.

Dentro em breve, deu a conhecer o responsável, será aberto concurso público para se achar uma nova entidade capacitada para gerir o empreendimento turístico que contém seis suites,  restaurante, piscina e quatro bangalows.

                                                                                                                                                                 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS