Coronavírus

Banco central chinês vai injectar cerca de 156 mil milhões de euros

O banco central chinês anunciou que irá injectar 1.200 milhões de yuans, aproximadamente 156 mil milhões de euros, para ajudar a economia afectada pelo surto de pneumonia viral.

Banco central chinês vai injectar cerca de 156 mil milhões de euros
D.R
A China elevou para 304 mortos e mais de 14 mil infectados

A operação será concretizada esta segunda-feira, quando os mercados financeiros chineses reabrirem depois de 10 dias encerrados devido ao surto do novo coronavírus que está a afectar vários sectores da sua economia.

Em comunicado, o instituto de emissão explica que a intervenção servirá para manter “uma liquidez razoável e abundante” para o sistema bancário e a estabilidade do mercado cambial.

A banca tinha já anunciado no sábado uma série de medidas destinadas ao crédito das empresas que estão a contribuir para lutar contra o surto do novo vírus.

A China elevou para 304 mortos e mais de 14 mil infectados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detectado em Dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS