Mantém cerca em Luanda até 10 de Julho

Angola ultrapassa os 200 casos da covid-19

Angola registou mais 15 novos casos da covid-19 nas últimas 24 horas, a maior subida num só dia desde o início da pandemia no país, ultrapassando assim a barreira das 200 infecções.

Angola ultrapassa os 200 casos da covid-19
D.R
Franco Mufinda, secretário de Estado para Saúde Pública.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, os 15 casos positivos correspondem a pacientes com idades compreendidas entre 5 e 67 anos, sendo 10 do sexo feminino e cinco masculinos, todos de Luanda.

Dois casos são de contaminação local, relacionados com a Clínica Multiperfil, onde se registaram várias infecções, um relacionado com um dos infectados do bairro Hoji-Ya-Henda e sete “com outros casos”.

Outros cinco casos têm “vínculo epidemiológico por determinar” e foram detectados no âmbito de uma colheita aleatória de 150 amostras, em cinco hospitais nacionais de referência e três clínicas privadas, tendo em conta a orientação de testagem dos contactos de casos positivos durante o período de quarentena e o rastreio de doenças respiratórias agudas graves ou agravamento de síndrome respiratório, indicou o secretário de Estado.

“Estamos a testar um grande número de contactos e a recolher amostras em vários conglomerados”, sublinhou, apelando para que a problemática da covid-19 seja encarada ”com a seriedade que merece” face ao aumento diário de casos.

Franco Mufinda insistiu na necessidade de higienização das mãos, uso de máscaras e distanciamento físico, salientando que “a progressão da pandemia depende” de como são seguidas as medidas de protecção.

Angola totaliza agora 212 infectados, com dez óbitos, 121 activos e 81 recuperados.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 347 amostras, tendo sido feitas até à data 22.895 colheitas com 212 a resultar positivas, 17.527 negativas e o resto em processamento.

No final do balanço diário sobre a situação epidemiológica, o director nacional da Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério da Comunicação Social, Eduardo Magalhães, anunciou o prolongamento da cerca sanitária em Luanda até às 23:59 do dia 10 de Julho de 2020.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS