Desde 2017

Angola reduziu em 384 milhões de dólares dívida à China

Angola diminuiu, desde 2017, a dívida pública à China em 384 milhões de dólares, refere um relatório da Universidade Católica de Angola.

Angola reduziu em 384 milhões de dólares dívida à China
DR

Segundo um relatório sobre as relações Angola-China, produzido pelo Centro de Estudos e Investigação Científica da Universidade Católica, que será apresentado na quinta-feira, até ao primeiro trimestre de 2019, "o 'stock' de dívida total de Angola com a China estava avaliada em 22.821 milhões de dólares, representando 48% do total da dívida externa".

No mesmo período de 2017, esse valor era de 23.205 milhões de dólares, 53,5% do total, o que mostra "que Angola está a cumprir com o serviço da dívida", referem os autores do estudo.

Em Outubro de 2018, o Banco de Desenvolvimento da China abriu uma nova linha de crédito de dois mil milhões de dólares para financiar projetos prioritários propostos pelo Governo de Angola.

Para os autores do estudo, "o volume de trocas comerciais entre os dois países justifica a possibilidade de existir um acordo de conversão monetária, de modo que os agentes económicos passem a utilizar as respetivas moedas" e não dólares ou euros.

"A cooperação com a China, possibilitou a Angola captar recursos financeiros consideráveis que financiaram grande parte das infraestruturas a nível nacional", salienta-se no relatório.

O documento acrescenta que, "apesar da existência de contestação de qualidade em alguns projetos, não se pode negar que o país beneficiou muito", de um modo geral, com esse investimento.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS