Por falha de codificação do país

Grupo VTB transfere por engano 10,5 mil milhões de euros à RCA

Gigante do sistema bancário russo assume que transacção se deveu a “erro técnico” na codificação dos países. Com a operação, República Centro Africana encaixou 10,5 mil milhões de euros, quase seis vezes o seu PIB anual. Último investimento russo ao país foi para capacitação do exército.

Grupo VTB transfere por engano 10,5 mil milhões de euros à RCA
DR

O grupo bancário russo VTB atribuiu “por engano" um empréstimo de mais de 800 mil milhões de rublos (10,5 mil milhões de euros) à República Centro-Africana (RCA), anunciou hoje, 28, o banco, em comunicado, indicando que se tratou de “um erro técnico na codificação dos países".

"A VTB não efectuou absolutamente nenhuma operação com a República Centro-Africana e não temos exposição deste volume neste país", explica o comunicado.

A reacção do banco surgiu quando se verificou a existência de um empréstimo de 802 mil milhões de rublos para a RCA, quase seis vezes o Produto Interno Bruto (PIB) anual do país, num relatório financeiro do grupo bancário, descrito pela comunicação social.

"Os relatórios corrigidos serão enviados [hoje] ao Banco Central" e disponibilizado à imprensa, acrescenta o banco.

A entidade bancária russa que tem sucursal em Angola garante, para já, que as falhas se deveram a erros técnicos. "De acordo com as nossas informações, ocorreu um erro técnico", referiu a presidente do banco central da Rússia, Elvira Nabiullina, citada por agências russas.

A Rússia investiu recentemente na República Centro-Africana, em particular na formação do exército e da diplomacia para alcançar acordos de paz com grupos armados.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS