Exigem integração na PN

Ex-militares manifestam-se em Luanda

Um grupo de ex-militares manifestou-se hoje por algumas ruas da cidade de Luanda, exigindo a integração na Polícia Nacional.

Ex-militares manifestam-se em Luanda
D.R.

A 15 deste mês, cerca de duas dezenas de activistas que pretendiam manifestar-se contra o alto nível de desemprego.

 

De acordo com os vídeos publicados nas redes sociais, eram mais de 100 ex-militares que percorreram algumas ruas gritando ‘polícia não é do MPLA, a polícia é do Povo’.

Mas os manifestantes foram interrompidos pelo batalhão de choque da Polícia Nacional, que, com cães e armas, deram corrida aos ex-militares que reagiram atirando pedras aos policias.

Os Vídeos mostraram também muitos dos manifestantes sendo pegos e levados pelo batalhão da polícia.

O Comando da Polícia Nacional de Luanda, atendidos pela superintendente- chefe Engrácia Costa, directora do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa, admitiu, em declarações ao NG, ter ocorrido o protesto e garantiu que a situação já esta sob controlo.

"A polícia devera fazer uma comunicação amanhã, por volta do meio dia", assegurou.

Recentemente, a 15 deste mês, cerca de duas dezenas de activistas que pretendiam manifestar-se contra o alto nível de desemprego em frente à sede da Assembleia Nacional, foram dispersadas pela Polícia Nacional à paulada ainda antes de chegarem ao local.

O protesto foi organizado por elementos do auto-denominado 'Movimento Revolucionário', conhecido por 'Revús', que pretendia aproveitar a ida do Presidente João Lourenço ao Parlamento, onde apresentou o discurso sobre o 'estado da nação'.

Outros artigos do autor