Balanço da primeira volta do principal campeonato de futebol

Equipas de Luanda dominam a competição

Terminou a primeira volta do Girabola entre ameaças de desistências e greves no Sporting de Cabinda, ASA e Progresso, mas são as equipas de Luanda que continuam a dominar a competição. E o atrevido Desportivo da Huíla meteu-se no meio dos grandes e não deseja perder a corrida. Para a segunda volta, prevê-se um campeonato mais competitivo.

Equipas de Luanda dominam a competição

As ameaças de greves e de desistências marcaram a primeira-volta do escalão principal do campeonato de futebol, 2018-2019, em que as protagonistas são também as equipas com orçamento irrisório. Apesar de haver ainda alguns jogos em atraso, as 16 equipas, com as calculadoras nas mãos, começam a fazer as contas. Umas ainda pensam em conquistar o campeonato, como são os casos do 1.º de Agosto, Petro de Luanda, Kabuscorp e o Recreativo do Libolo. Outras equipas, apesar das dificuldades financeiras e com ameaças de greves à mistura, desejam, a todo o custo, manter-se no Girabola. E, até lá, os famosos jogos dos bastidores e anti-jogos vão dar que falar até ao final da presente competição cujo término está previsto para Maio, de acordo com o calendário sob orientação da Confederação Africana de Futebol (CAF).

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS