Diante do Esperance de Tunis

1.º de Agosto falha sonho africano

O 1.º de Agosto está fora da Taça Africana das Nações após perder por 4-2, em jogo a contar para a segunda-mão da meia-final contra o Esperance de Tunis, da Tunísia. Depois do triunfo da primeira mão (1-0), a turma do ‘Rio Seco’ entrou determinada e chegou até a marcar primeiro por Geraldo, aos nove minutos.

1.º de Agosto falha sonho africano
D.R.
Geraldo marcou o primeiro golo aos nove minutos da partida.
 Janny Sikazwe

Janny Sikazweárbitro zambiano

Os militares reclamaram da arbitragem, chefiada pelo zambiano Janny Sikazwe, por “má actuação”.

Os ‘donos da casa’ fizeram a reviravolta ao resultado ainda na primeira parte com golos de Beelaili (penalti) e Yaakoubi. 2-1, a favor dos tunisinos, foi o resultado até ao intervalo.

Na segunda parte, os militares ainda empataram por Mongo, aos 65 minutos, mas, outra vez, os tunisinos voltaram a marcar dois golos por Jouini e Badri. Antes do último golo do Esperance, o 1.º de Agosto marcou, mas o árbitro anulou, por suposto empurrão ao guarda-redes.

Os militares, que falham assim a final inédita, reclamaram da arbitragem, chefiada pelo zambiano Janny Sikazwe, por “má actuação”.

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS