INCENTIVO AO EMPREEDENDORISMO AGRÍCOLA

União Europeia disponibiliza 38 milhões de dólares para agricultores

União Europeia disponibiliza 38 milhões de dólares para agricultores
D.R

A União Europeia disponibilizou uma linha de financiamento avaliada em 38 milhões de dólares para os agricultores da Huíla e Kwanza-Sul. A verba, inserida no âmbito de implementação do Projecto da Agricultura Familiar e Comercialização e destinada a cobrir a época agrícola 2020–2021, vai beneficiar 30 mil famílias dedicadas ao cultivo da terra. A Huíla é que mais agricultores vai abranger, com um total de 25 mil, ao passo que o Kwanza-Sul terá 5 mil.

O Fundo Internacional para o Desenvolvimento (Fida) responsabiliza-se pela entrega da verba que servirá para a compra de fertilizantes, instrumentos e equipamentos de trabalho, e sementes de feijão, massambala, massango e milho.

Segundo David Tunga, director nacional do Instituto de Desenvolvimento Agrário, do valor disponibilizado, foi possível adquirir, numa primeira fase, para a Huíla, 100 toneladas de sementes de milho, 700 de adubos, 180 de sulfato, amónio e ureia, respectivamente. Ainda que insuficientes para dar resposta à necessidade, o responsável refere ser o “essencial” em fase de pandemia que impôs restrições na circulação entre países.

Além da verba da União Europeia, o projecto conta com uma verba disponibilizada pelo Governo, de 154 mil milhões de kwanzas. De acordo com David Tunga, o valor serviu para a compra de 60 mil charruas.

Com três anos desde que foi lançado, o Projecto da Agricultura Familiar e Comercialização está presente em dez das 18 províncias.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS