Espancada até à morte em 2019

Tribunal condena a 24 anos de prisão namorado da jornalista da RNA

O inspector do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Francisco Joaquim dos Santos, foi condenado, esta quarta-feira, a 24 anos de prisão, pelo Tribunal de Comarca de Luanda.

Tribunal condena a 24 anos de prisão namorado da jornalista da RNA
D.R.

 

Em causa está a morte, por espancamento, em 2019, da namorada, a jornalista da Rádio Nacional de Angola (RNA) Goreth Semedo.

A pena inclui a obrigatoriedade do pagamento de 200 mil de taxa de justiça e uma indemnização de cinco milhões de kwanzas à família da vítima.

O inspector do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, era casado, mas mantinha uma relação extra-conjugal com a jornalista.

O réu, apesar da pena máxima, respondeu ao processo em liberdade por excesso de prisão preventiva e, por conta de uma interposição de recurso, deverá continuar em liberdade, no entanto, está proibido de frequentar o mesmo local ou de estar próximo dos familiares da vítima.

Segundo a juíza, ficou provado que o réu cometeu o crime por que foi condenado e não tem demonstrado arrependimento durante o julgamento.

A mando da juíza, Francisco Santos, pediu perdão à família da jornalista Goreth Semedo.