Concerto marcado para 4 de Abril, na Baía de Luanda

SSP regressa ao palco para celebrar dia da paz

Lendário grupo de rap angolano SSP prepara-se para regressar ao palco, a 4 de Abril, em Luanda, num concerto que vai marcar 28 anos da carreira bem como os 17 anos de paz nacional. Os pioneiros do rap em Angola prometem fazer um ‘show’ memorável, com o reencontro de gerações e uma verdadeira viagem em várias memórias.

SSP regressa ao palco para celebrar dia da paz
Mário Mujetes
SSP, grupo de rap angolano

Esta é a quarta vez que o lendário grupo angolano de rap SSP, depois de ter sido desfeito, volta a reunir-se para um espectáculo marcado para 4 de Abril, na Baía de Luanda, a partir das 18 horas. O concerto celebra 28 anos de existência do conjunto e os 17 anos de paz e reconciliação nacional.

Formado por Big Nelo, Jeff Brown, Paul G e Kudy, o grupo promete revisitar os principais temas que marcaram a década de 1990 até 2000, inclusive os que fizeram parte da banda sonora de muitos casais.

Apesar de admitirem que a principal dificuldade que têm encontrado ao longo dos ensaios tem sido a “memorização” das letras de algumas canções, garantem sentir-se “confortáveis” por confiarem nos fãs que “certamente vão ajudar a cantar as músicas escolhidas para fazerem parte de um repertório, em que constam temas como ‘Não Vale a Pena’, ‘Olhos Café’, ‘Pitanga’, ‘Te Quiero’ e outras. 

O Big Nelo acredita que o concerto vai ser “memorável” e vai representar um “testemunho ao talento e à perseverança dos quatro artistas”.

O líder do conjunto explica ainda que “não tem certeza” se depois deste ‘show’ haverá um outro concerto do grupo nos próximos anos, pelo menos, não em Luanda, contudo, estuda-se a possibilidade de se realizar espectáculos nas outras províncias.

Por agora, o grupo prefere não avançar o nome dos artistas convidados, prometendo fazê-lo quatro ou três dias antes da apresentação.

Os ingressos vão começar a ser comercializados a partir dos próximos dias a 1.000, 2.000 e 10 mil kwanzas, sendo que na compra dos primeiros três mil bilhetes (ao preço de mil kwanzas) será oferecido mais um.

Lançar um documentário, capitalizar e eternizar a marca SSP são outros dos objectivos dos pioneiros do rap em Angola a ser concretizado num futuro próximo.

O evento conta com o patrocínio do banco BAI, Tigra, Eventos Arena, TPA e outros.

Trajectória

SSP (South Side Posse), que significa ‘o bando do lado sul’, foi formado em 1992, e era constituído por Big Nelo, Paul G, Jeff Brown e Kudy. Em 1996, tornaram-se no primeiro grupo do estilo hip-hop em Angola, com a edição do disco ‘99% de Amor’. Em 1998, lançaram o disco ‘Odisseia’ e em 2000 o ‘Alfa’. Em 2002, Big Nelo e Jeff Brown, os únicos que permaneceram nos SSP, gravaram ‘Amor e Ódio’ (2003) e ‘Momentos da Trajectória’ (2006). Hoje seguem carreiras a solo. Com a excepção de Kudy que se mantém longe dos palcos e dos microfones.

O grupo conquistou os prémios de ‘Melhor Álbum e Grupo de Hip-hop/rap’ em Angola e Moçambique, além de conquistarem outros prémios e se apresentarem em vários ‘shows’ nacionais e internacionais.

Os SSP juntaram-se pela última vez na 5.º edição do Festival Sons do Atlântico, em 2017.

 

 

 

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS