Por mais 30 dias

Senegal prolonga Estado de Emergência

O presidente do Senegal, Macky Sall, prolongou por mais 30 dias o Estado de Emergência instaurado em todo o território devido à pandemia da Covid-19, anunciaram os meios de comunicação senegaleses.

Senegal prolonga Estado de Emergência
D.R
País registou 219 casos e dois mortos.

O Estado de Emergência anunciado pela primeira vez a 23 de Março inclui o recolher obrigatório entre às 20 e às 6 horas locais.

O Estado de Emergência permite às autoridades regular ou proibir as deslocações de bens e de pessoas bem como os ajuntamentos, de fechar provisoriamente locais públicos e de reunião, proibir a circulação de aviões e de embarcações, de regular os pontos de entrada e de saída do território, ou ainda confinar pessoas em casa.

O Senegal evitou até agora o confinamento porque representaria um desafio considerável num país pobre em que boa parte da população vive o dia-a-dia.

Desde 2 de Março, as autoridades senegalesas declararam oficialmente 219 casos de contágio da Covid-19 e dois mortos.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS