Acidente aconteceu seis minutos após a descolagem

Queda de avião mata 157 pessoas na Etiópia

Queda de avião mata 157 pessoas na Etiópia
DR
O desastre mais trágico até agora aconteceu em 1996

Um avião da companhia Ethiopian Airlines, que fazia a ligação entre Adis Abeba e Nairobi, no Quénia, caiu neste domingo, 10, com 157 pessoas a bordo, informaram as autoridades do país.

Segundo as autoridades, a queda do Boeing 737-800 aconteceu seis minutos após a descolagem, perto da cidade de Bishoftu, a 62 quilómetros da capital etíope (Adis Abeba).

As operações de busca e socorro estão já em curso. As causas deste acidente do modelo Boeing 737-800 são ainda desconhecidas.

O gabinete avançou que “funcionários da Ethiopian Airlines vão ser enviados ao local do acidente para apoiar os serviços de emergência.

“Acredita-se que estavam 149 passageiros e oito membros da tripulação a bordo do avião, mas estamos neste momento a confirmar o manifesto dos passageiros do voo", confirmou a Ethiopian Airlines em comunicado.

Entretanto, a companhia aérea já disponibilizou um conjunto de números de emergência para prestar informações a familiares e amigos dos passageiros a bordo do avião.

De acordo com a BBC, a Ethiopian Airlines, fundada pelo imperador Haile Selassie em 1945, goza de uma reputação de segurança no continente africano, mas conta já na sua história com alguns desastres.

O último acidente ocorreu em 2010, quando uma das suas aeronaves se despenhou no Mar Mediterrâneo após levantar voo de Beirute (Líbano), provocando a morte a 90 pessoas.

O desastre mais trágico da empresa até agora aconteceu em 1996, igualmente na rota Adis Abeba-Nairobi, com 123 dos 175 passageiros a perderem a vida na sequência da queda num recife de coral no Oceano Índico, após uma tentativa falhada de sequestro aéreo.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS