Moçambique

Presidente exonera vice-ministra da Economia e Finanças

Presidente exonera vice-ministra da Economia e Finanças
DR
Filipe Nyusi, presidente de Moçambique

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, exonerou esta quinta-feira a vice-ministra da Economia e Finanças, Maria Isaltina de Sales Lucas, indiciada nas investigações ao caso das dívidas ocultas do Estado.

Maria Isaltina de Sales Lucas faz parte da lista das 16 pessoas que o Ministério Público moçambicano quer ver responsabilizadas pelo seu papel no processo de contratação de empréstimos de mais de dois mil milhões de euros a favor das empresas públicas Proindicus, MAM e Ematum, criadas com o objectivo de garantir a segurança marítima e pesca.

Os empréstimos foram avalizados pelo anterior Governo moçambicano sem a aprovação da Assembleia da República e à margem da lei orçamental, precipitando uma crise de dívida no país e o corte do apoio directo dos doadores ao Orçamento do Estado.

Maria Isaltina de Sales Lucas era directora do Tesouro no Ministério da Economia e Finanças na época da contratação dos empréstimos.

Além de Maria Isaltina de Sales Lucas, a Procuradoria-Geral moçambicana também quer que o antigo governador do Banco de Moçambique Ernesto Gove, o presidente do conselho de administração das três empresas que receberam os empréstimos escondidos, António do Rosário, e o ex-director dos Serviços de Informação e Segurança do Estado (SISE) Gregório Leão também sejam responsabilizados financeiramente pelo Tribunal Administrativo.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS