Pelo homicídio de um observador eleitoral moçambicano

Polícias condenados a penas entre três e 24 anos

Polícias condenados a penas entre três e 24 anos
D.R

O Tribunal Judicial da Província de Gaza, em Moçambique, condenou hoje, quinta-feira, seis polícias a penas de prisão entre três e 24 anos de cadeia pelo seu envolvimento no homicídio, em Outubro último, do observador eleitoral Anastácio Matavel.

O acórdão proferido pela juíza Ana Liquidão condenou Tudelo Guirrugo, Edson Silica e Alfredo Macuácua a 24 anos de prisão cada um, Euclídio Mapulasse a 23 anos, e Januário Rungo e Justino Muchanga a três anos cada.

O sétimo arguido e único civil no caso, Ricardo Manganhe, foi absolvido.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS