Estavam sob gestão de uma empresa do general ‘Kopelipa’

PGR recupera terminais dos portos de Luanda e do Lobito

O Serviço de Recuperação de Activos da Procuradoria Geral da República (PGR) anunciou a recuperação dos terminais dos portos de Luanda e do Lobito, que estavam sob gestão da empresa Soportos - Transporte e Descarga, SA.

PGR recupera terminais dos portos de Luanda e do Lobito
Mário Mujetes
'Kopelipa’, ex-chefe da Casa de Segurança do PR

Segundo uma fonte do 'Jornal de Angola', a Soportos pertence ao ex-chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, general Manuel Hélder Vieira Dias ‘Kopelipa’ e família.

‘Kopelipa’ fez a entrega dos bens e a PGR entregou os terminais ao Porto de Luanda.

De igual modo, foi recuperado o Hotel Convenções de Talatona (HCTA), empreendimento público financiado pela Sonangol e que estava sob gestão de uma empresa privada.

A unidade hoteleira de cinco estrelas custou mais de 200 milhões de dólares e, logo após o pagamento e construção, foi entregue para exploração a uma empresa privada com bónus, à partida, de 12 milhões de dólares, e um contrato com traços danosos.

Num outro 'dossier', o Presidente da República cancelou um contrato de limpeza do Palácio, que custou ao Estado 70 milhões de dólares em dois anos.

A gestão do Palácio Presidencial e dos edifícios que fazem parte do seu complexo protocolar estava a cargo de uma empresa privada de gestores públicos.

A empresa Riverstone Oaks Corporation (ROC) assinou, em nome da SG Services-Lda, dois contratos relativos à gestão operacional e manutenção preventiva do Palácio Presidencial.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS