Madagáscar

Novo presidente eleito amanhã

Novo presidente eleito amanhã
DR
Concorrem 36 candidatos as eleições presidenciais

Mais de sete milhões de eleitores são chamados na quarta-feira (7) às urnas para eleger o próximo presidente de Madagáscar, com 36 candidatos na corrida presidencial, incluindo o cessante chefe de Estado, Hery Rajaonarimampianina.

O ex-presidente de Madagáscar Hery Rajaonarimampianina, de 59 anos, renunciou o cargo em Setembro para concorrer a um novo mandato, tendo sido nomeado o vice-presidente Riko Rakotovao como presidente temporário durante o período eleitoral.

Hery Rajaonarimampianina, líder do partido Novas Forças para Madagáscar, tomou posse como presidente em Janeiro de 2014, após vencer as eleições presidenciais em 2013.

Outro candidato presidencial, Marc Ravalomanana, de 68 anos, foi chefe de Estado de Madagáscar de 2002 até 2009. Também concorre Andry Rajoelina, líder do partido Jovens Malgaxes Determinados, que foi chefe de Estado do país entre 2009 e 2014.

Os analistas apontam estes três candidatos como favoritos nas eleições presidenciais.

Nestas eleições concorrem ainda Didier Ratsiraka, líder do partido Associação para o Renascimento de Madagáscar e ex-presidente do país (1975-1993 e 1997-2002), e Roland Ratsiraka, sobrinho de Didier e líder do partido Madagáscar Chega à Razão.

O presidente é eleito para um mandato de cinco anos. A segunda volta presidencial realiza-se a 19 de Dezembro, se nenhum candidato obtiver mais de 50% na primeira volta.

Segundo a agência France-Presse, durante a campanha eleitoral, todos os candidatos presidenciais compartilharam a mesma visão a longo prazo – o desenvolvimento de Madagáscar.

A eleição presidencial de quarta-feira deverá ter como prioridade dos eleitores o acesso à água e à electricidade e a luta contra o desemprego e a insegurança.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS